Porto Alegre, sexta-feira, 16 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 16 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

HOSPITAIS DO INTERIOR

- Publicada em 16h12min, 30/09/2016. Atualizada em 16h08min, 15/10/2020.

Unidade do Hospital Regina realiza transplante de medula

O Hospital Regina, de Novo Hamburgo, oferece transplante de medula óssea para pacientes particulares e de convênios. Segundo o médico hematologista Cláudio Baungarten, esse tipo de transplante é fundamental no tratamento de doenças como Mieloma Múltiplo, Linfomas de Hodgkin e Não Hodgkin, leucemias e falências medulares.
O Hospital Regina, de Novo Hamburgo, oferece transplante de medula óssea para pacientes particulares e de convênios. Segundo o médico hematologista Cláudio Baungarten, esse tipo de transplante é fundamental no tratamento de doenças como Mieloma Múltiplo, Linfomas de Hodgkin e Não Hodgkin, leucemias e falências medulares.
A unidade tem oito leitos, equipe multidisciplinar e estrutura nos padrões exigidos. Para ser doador é preciso ter entre 18 e 55 anos, bom estado de saúde e, no caso de paciente infantil, é possível ter um irmão criança como doador. A doação é feita em centro cirúrgico, onde aspira-se a medula através de punção dos ossos da bacia. "Retira-se um volume de medula do doador de, no máximo, 15%, o que não causa comprometimento à saúde", afirma o médico. 
Comentários CORRIGIR TEXTO