Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 14 de setembro de 2016. Atualizado às 23h59.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Agronegócios

Notícia da edição impressa de 15/09/2016. Alterada em 15/09 às 00h02min

Bayer compra Monsanto por US$ 66 bilhões

Valor do negócio representa prêmio de 44% sobre o preço da ação da Monsanto de maio

Valor do negócio representa prêmio de 44% sobre o preço da ação da Monsanto de maio


PATRIK STOLLARZ
A companhia de produtos químicos e saúde Bayer formalizou ontem a compra da gigante de sementes Monsanto em operação avaliada em US$ 66 bilhões, ou US$ 128 por ação. O negócio, chamado pelos opositores de "casamento dos infernos", foi aprovado pelos conselhos de administração da Bayer e da Monsanto. O valor final representa um prêmio de 44% sobre o preço de fechamento da ação da Monsanto de 9 de maio, antes que a empresa de produtos químicos fizesse a primeira proposta pela gigante de sementes.
"Nós estamos felizes em anunciar a combinação de duas grandes organizações. Isso representa um passo grande para os nossos negócios de pesquisa para lavouras e reforça a posição de liderança da Bayer como companhia de inovação global em pesquisa de vida, com posições de liderança em seus segmentos centrais, entregando valor substancial aos acionistas, consumidores, empregados e à sociedade", afirmou em comunicado Werner Baumann, presidente da Bayer.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia