Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 12 de setembro de 2016. Atualizado às 09h10.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Petróleo cai com especulação sobre Fed e à espera de relatório da Opep

Os futuros de petróleo operam em baixa na manhã desta segunda-feira (12), em meio a preocupações com a perspectiva dos juros nos EUA, que pressionam outras commodities e os mercados acionários.

Temores de que o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) volte a elevar juros levaram as bolsas de Nova Iorque a sofrerem um tombo de mais de 2% na sexta-feira, o que gerou hoje uma forte onda de liquidação de ações na Ásia e Europa.

O presidente da distrital do Fed em Boston, Eric Rosengren, sugeriu na sexta ser a favor de um aumento de juros. Hoje à tarde, está previsto um discurso da diretora do Fed Lael Brainard. Tanto Rosengren quanto Brainard votam nas reuniões de política monetária do Fed este ano.

O petróleo também está pressionado desde que a Baker Hughes apontou um novo avanço no número de plataformas em operação nos EUA, em pesquisa divulgada no fim da semana passada.

Além disso, permanecem dúvidas sobre a capacidade de grandes produtores chegarem a um acordo para o congelamento da produção do petróleo, em conversas informais previstas para ocorrer às margens de uma conferência sobre energia na Argélia, no fim deste mês.

Os investidores também aguardam o relatório mensal da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) sobre o mercado da commodity, cuja publicação é esperada nesta manhã.

Às 7h42min (de Brasília), o petróleo Brent para novembro caía 1,75% na IntercontinentalExchange (ICE), a US$ 47,17 por barril, enquanto o WTI para outubro recuava 1,87% na New York Mercantile Exchange (Nymex), a US$ 45,02 por barril.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia