Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 07 de setembro de 2016. Atualizado às 21h44.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

conjuntura internacional

Alterada em 07/09 às 21h49min

PIB do Japão cresce 0,7% no segundo trimestre, ante 0,2% informado em agosto

A economia do Japão cresceu mais no segundo trimestre de 2016 do que o inicialmente estimado em agosto. O Produto Interno Bruto (PIB) do país registrou um crescimento anualizado de 0,7% em relação ao primeiro trimestre, em comparação com a estimativa preliminar de 0,2%, segundo informou o governo japonês. A queda nas despesas de capital, além do aumento nos estoques e nos investimentos públicos contribuíram para a melhora do indicador.
A economia do Japão registrou problemas nos últimos dois anos, alternando trimestre com expansões e contrações. Com o aumento das incertezas, as empresas tornaram-se relutantes em aumentar o investimento, forçando o governo a ter maior atuação para estimular o crescimento. Este foi o segundo trimestre consecutivo de crescimento da economia japonesa.
No segundo trimestre, o consumo privado cresceu 0,2%, em linha com a estimativa inicial. O investimento das empresas teve ligeira queda de 0,1%, contra a queda estimada inicialmente de 0,4%.
O crescimento do investimento público foi revisado para 2,6%, ante os 2,3% anteriores. No período, houve muitas obras públicas de reconstrução no sul do Japão, após o terremoto que atingiu o país no dia 7 de abril.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia