Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 05 de setembro de 2016. Atualizado às 11h23.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Sem referencial de Nova Iorque, Bovespa sobe com petróleo

A Bovespa abriu em alta na manhã desta segunda-feira (5), acompanhando os ganhos vistos nas bolsas da Europa e em linha com a recuperação dos contratos futuros de petróleo no exterior, diante da notícia de um acordo entre Rússia e Arábia Saudita. Sem o referencial de Nova Iorque, onde os mercados não operam em virtude do Dia do Trabalho nos Estados Unidos, o Ibovespa subia 0,46%, aos 59.890,74, enquanto as ações da Petrobras avançavam 1,79% (ON) e 1,77% (PN).

Internamente, os investidores monitoram na manhã desta segunda-feira ação da Polícia Federal. A Operação Greenfield apura crimes de gestão temerária e fraudulenta em desfavor de quatro dos maiores fundos de pensão do País: Funcef, Petros, Previ e Postalis. Há equipes da PF na J&F e Eldorado.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia