Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 23 de agosto de 2016. Atualizado às 12h55.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

crise política

Alterada em 23/08 às 12h59min

Temer abre agenda para senador indeciso e para senador ex-ministro de Dilma

Na semana que começa a fase decisiva do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, o presidente em exercício Michel Temer abriu a agenda e recebe nesta terça-feira (23) o senador e ex-ministro de Dilma Edison Lobão (PMDB-MA) e outros parlamentares.
Entre os integrantes da reunião está também o senador Roberto Rocha (PSB-MA), que, conforme o Placar do Impeachment elaborado pelo jornal O Estado de S. Paulo, aparece como indeciso. Também participa do encontro o senador João Alberto Souza (PMDB-MA), que, decidiu votar pelo prosseguimento do impeachment apesar de dizer que não acredita em crime da presidente e que mudou o voto por razões políticas.
"Não mudei de ideia, a minha postura foi em função da conjuntura política. Não foi em função de haver cometido ou não o crime. É uma postura pelo Brasil, de achar que no momento fica muito difícil para a presidente governar", disse João Alberto, na ocasião. O senador havia votado contra a abertura do processo de impeachment em maio.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia