Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 10 de agosto de 2016. Atualizado às 19h02.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Telecomunicações

Alterada em 10/08 às 19h03min

Presidente da Anatel, João Rezende, renuncia e Juarez Quadros deve assumir cargo

 João Rezende alegou razões de ordem de pessoal para deixar o cargo

João Rezende alegou razões de ordem de pessoal para deixar o cargo


Marcelo Camargo/Agência Brasil/JC
O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), João Rezende, renunciou ao seu mandato. Em sua carta ao presidente em exercício, Michel Temer, e ao ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, ele alegou razões de ordem de pessoal para deixar o cargo. Seu último dia na Anatel será 26 de agosto.
Rezende havia sido nomeado conselheiro da Anatel em maio de 2009 e foi reconduzido em dezembro de 2013. Seu mandato se encerraria em novembro de 2018. Como presidente, a função se encerraria em dezembro deste ano.
Rezende era um nome ligado ao ex-ministro das Comunicações Paulo Bernardo, de quem foi chefe de gabinete durante sua gestão à frente do Ministério do Planejamento. Também foi presidente da Sercomtel, operadora de telefonia que atua em Londrina (PR).
De acordo com o Ministério das Comunicações, o ex-ministro Juarez Quadros aceitou o convite para assumir o lugar de Rezende na Anatel. Seu nome deve ser encaminhado para apreciação do Senado nos próximos dias.
Quadros foi ministro das Comunicações durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso entre 2002 e 2003. Nos últimos anos, tem atuado como consultor no setor privado.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia