Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 24 de agosto de 2016. Atualizado às 19h32.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Terrorismo

Alterada em 24/08 às 19h34min

Ataque a universidade no Afeganistão deixa ao menos 1 morto e 18 feridos

Militantes atacaram a Universidade Americana do Afeganistão, deixando ao menos uma pessoa morta e 18 feridas, segundo autoridades.
O fotógrafo da Associated Press Massoud Hossaini estava em uma sala de aula com 15 estudantes quando escutou uma explosão no campus.
"Eu fui ate a janela para ver o que estava acontecendo. Vi uma pessoa com roupas normais do lado de fora. Ele atirou em mim e acertou o vidro", disse Hossaini, contando ter caído sobre o vidro e cortado as mãos.
Os estudantes se esconderam na sala e colocaram cadeiras e meses para bloquear a porta. Hossaini disse que ao menos duas granadas foram atiradas dentro da sala de aula, ferindo vários de seus colegas.
Hossaini e cerca de nove estudantes conseguiram escapar do local por uma saída de emergência. "Enquanto nos corríamos, vi alguém caindo no chão. Parecida ter sido atingido pelas costas".
Hedayatullah Stanikzai, do Ministério da Saúde Pública do Afeganistão, disse que um guarda da universidade foi morto e que um professor estrangeiro está entre os feridos.
A polícia local informou que as forças de segurança estão rastreando os "terroristas". Ainda não está claro se o ataque foi feito por uma ou duas pessoas.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia