Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 24 de setembro de 2018.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

gente

28/08/2016 - 19h47min. Alterada em 28/08 às 19h39min

Morre o escritor gaúcho Paulo Bentancur, aos 59 anos

Bentancur sofreu uma parada cardíaca e faleceu no Rio de Janeiro

Bentancur sofreu uma parada cardíaca e faleceu no Rio de Janeiro


ANTONIO HENRIQSON/DIVULGAÇÃO/JC
Escritor, editor e crítico literário, autor de mais de 30 livros, Paulo Betancur morreu neste domingo (28), aos 59 anos, no Rio de Janeiro, devido a uma parada cardíaca. Natural de Santana do Livramento, Bentancur mudou-se para Porto Alegre aos 10 anos - foram 33 anos trabalhando em editoras. Dos seus livros, a maior parte foi direcionada para o público infanto-juvenil. Ganhou quatro Açorianos - o último em 2005, na categoria poesia, para Bodas de osso. O enterro será hoje, na capital fluminense.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
marcilio leão 24/09/2018 15h37min
Agora ele esta satisfeito, esta realizando o que ensinava para crianças em livros infantis distribuídos pelo MEC do PT : " Diabo, meu amigo, vem brincar comigo!" do poema dele, " O Diabo que me carregue!". Parece que carregou mesmo.