Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 05 de agosto de 2016. Atualizado às 19h51.

Jornal do Comércio

Vídeos JC

COMENTAR

Tecnologia


Febre do Pokémon Go está relacionada a tecnologias disruptivas

Publicado em 05/08/2016 - 19h33min.

O que há por trás do fenômeno Pokémon Go? A repórter e colunista do Mercado Digital Patricia Knebel falou com Todd Richmond, diretor de protótipos avançados no Institute for Creative Technologies (ICT), da University of Southern California, sobre tecnologias disruptivas e mostra como tem muita coisa séria em jogo quando se trata de realidade virtual e aumentada. A repórter destaca algumas ideias de Richmond e cita as aplicações em áreas como saúde e educação desse tipo de game e a inovação embarcada.
Esta seção tem o apoio do
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia