Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 28 de agosto de 2016. Atualizado às 20h55.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

28/08/2016 - 20h54min. Alterada em 28/08 às 20h57min

Sport empata no fim e deixa o Inter na zona de rebaixamento do Brasileirão

Jejum de 13 partidas sem vitória do Internacional foi ampliado para 14 jogos

Jejum de 13 partidas sem vitória do Internacional foi ampliado para 14 jogos


S.C. Internacional/reprodução/jc
Foi por pouco. Mas o incômodo jejum de 13 partidas sem vitória do Internacional foi ampliado para 14 jogos. Neste domingo, com um gol aos 44 minutos do segundo tempo, o Sport buscou o empate por 1 a 1, na Arena Pernambuco, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, e tornou ainda mais dramática a situação do adversário.
Sem vencer há 14 partidas, assim, o Internacional caiu da liderança para a zona de rebaixamento do Brasileirão - está em 17º com 24 pontos, três a menos do que o Sport, o 12º.
Como havia antecipado nos treinos da semana, o técnico Celso Roth mudou o posicionamento de William, que retornou após conquistar o ouro com a seleção olímpica. Assim, ele atuou pelo meio-campo - Ceará ganhou a vaga na lateral - e auxiliou Valdívia e Seijas na armação.
Com uma transição mais rápida e um time mais compacto na marcação, Roth truncou o meio-campo e deixou claro que apostaria no contra-ataque. E a estratégia não demorou a surtir efeito.
Logo aos sete minutos, após bola disputada no meio-campo, William acelerou pela direita e cruzou na área. Seijas, com classe, já no domínio, tentou dar um corte em Paulo Roberto, mas trombou e caiu. Apesar dos protestos do Sport, o árbitro Grazianni Maciel Rocha assinalou o pênalti. O próprio venezuelano cobrou com categoria e abriu o placar.
A rapidez no contra-ataque e a parceria entre William e Seijas continuaram surtindo efeito. Aos 12, após receber na direita, o lateral deu bonito passe e encontrou o venezuelano sozinho na intermediária. Ele, então, carregou e saiu na cara de Magrão, mas bateu fraco, em cima do goleiro. E, em nova saída ágil, dez minutos depois, Seijas recebeu de Valdivia, na esquerda, e chutou com perigo.
Aos poucos, porém, o Sport foi se organizando. Embora ainda desse espaço no contra-ataque, o time da casa ampliou o domínio. O meia Gabriel Xavier tentou duas vezes, aproveitando rebotes de bolas aéreas, mas pecou na finalização - uma para fora e a outra na mão de Danilo Fernandes. O próprio goleiro salvaria, aos 30, com os pés, bom chute cruzado de Edmílson. Mas foi só.
No segundo tempo, o panorama pouco mudou. Fechado e apostando nos contra-ataques, o Internacional teve chance clara de ampliar aos 16, quando Ariel aproveitou vacilo de Ronaldo Alves e saiu na cara do gol. Magrão, mais uma vez, salvou.
Desorganizado em campo, apostando mais no abafa do que na tática, o Sport avançou as linhas e ampliou a pressão. Seguiu, porém, criando pouco. E, já no fim, quando o Internacional começava a respirar mais aliviado, o atacante Vinícius Araújo aproveitou bate-rebate de escanteio e marcou o gol do empate.
Na próxima rodada, o Inter tenta encerrar a incômoda sequência contra o Santos, em Porto Alegre, em 8 de setembro, mesmo dia em que o Sport enfrenta o Corinthians em São Paulo.
Sport 1 x 1 Internacional
Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Ronaldo Alves e Renê (Vinícius Araújo); Rithely, Paulo Roberto, Gabriel Xavier, Everton Felipe (Apodi) e Mark González; Edmílson (Luis Ruiz).Técnico: Oswaldo de Oliveira.
Danilo Fernandes; Ceará, Paulão, Ernando e Artur; Rodrigo Dourado, Fabinho (Eduardo), William (Fernando Bob), Seijas e Valdívia; Eduardo Sasha (Ariel). Técnico: Celso Roth.
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia