Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 21 de agosto de 2016. Atualizado às 18h10.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

Alterada em 21/08 às 18h13min

Fluminense vence Santa Cruz fora de casa e se aproxima do G-4

Sem surpresa, o Fluminense venceu o Santa Cruz por 1 a 0 neste domingo, no estádio do Arruda, em Recife, pela 21.ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O time tricolor se aproximou do G- ao somar 31 pontos, na oitava posição. Vale lembrar que o Fluminense tem um jogo a menos que os outros times da elite. Para o Santa Cruz, a derrota o manteve na 19.ª e penúltima colocação da tabela, com 19 pontos.
Desde o início, o Fluminense impôs a condição de favorito. Em um jogo com poucas virtudes técnicas, os cariocas foram mais eficientes e venceram. O meia Danilinho fez boa partida e parece se firmar no meio de campo. Limitado, o elenco do clube pernambucano não conseguiu se armar para levar perigo ao gol adversário e acumulou sua sexta partida seguida sem vitória.
As equipes voltam a campo no próximo domingo para mais uma rodada do Brasileirão. O Santa Cruz visita o Cruzeiro no Mineirão, em Belo Horizonte, às 11h, e o Fluminense enfrenta o Palmeiras no estádio Mané Garrincha, em Brasília, às 16h.
Durante boa parte do primeiro tempo, as equipes disputaram por espaços e a partida ficou equilibrada. O Fluminense tinha dificuldades em conseguir se infiltrar na defesa adversária e as jogadas não aconteceram. Aos 29, Gustavo Scarpa cobrou escanteio, o goleiro não saiu e a bola sobrou para Henrique Dourado, livre na área, abrir o placar.
O Santa Cruz tentou reagir à desvantagem, mas não conseguiu se articular para levar perigo ao gol de Diego Cavalieri. A esperança vinha de bolas paradas. Aos 41, após cobrança de escanteio, Uillian Correia cabeceou no meio da área e Gum conseguiu cortar antes que os jogadores do clube tricolor pudessem finalizar.
Na volta do intervalo, o clube do Recife pressionou para reverter o placar e chegou com perigo em duas finalizações de João Paulo e Arthur. Aos 15, Gustavo Scarpa recebeu de calcanhar de Danilinho, em contragolpe, tentou encobrir o goleiro Tiago Cardoso mas chutou muito mal e desperdiçou uma grande oportunidade.
As equipes seguiram duelando sem grandes lances. O Santa Cruz encontrou muitas dificuldades para finalizar. Aos 35, Lelê recebeu pela direita e chutou rasteiro passando perto da trave do adversário. Com poucas oportunidades para ameaçar o tricolor, o time anfitrião deixou o campo sob vaias de seus mais de 8.000 torcedores.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia