Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 18 de agosto de 2016. Atualizado às 17h43.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Inter

Notícia da edição impressa de 18/08/2016. Alterada em 18/08 às 17h44min

Valdívia: 'Já nem consigo mais dormir direito'

Meia-atacante promete empenho para domingo em mais um jogo da vida

Meia-atacante promete empenho para domingo em mais um jogo da vida


RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
O jeito irreverente e descolado do meia Valdívia não apareceu ontem durante a coletiva pós-treino no CT do Parque Gigante. A escassez de vitórias do Inter, que já dura 12 partidas, está tirando a alegria e, literalmente, o sono do camisa 29. "Eu já não estou mais conseguindo dormir direito. Não está fácil para nós nem para a torcida, mas vamos dar a volta por cima", disse. Para a partida de domingo, às 16h, contra o São Paulo, o jogador promete ainda mais empenho para voltar a vencer no Campeonato Brasileiro.
"Domingo, se Deus quiser e com a ajuda do torcedor, vamos sair com a vitória, porque estamos precisando. Não podemos deixar a torcida triste. Eles (torcedores) não merecem passar por tudo aquilo que vem acontecendo", lamentou.
A direção baixou o valor dos ingressos para a partida e ainda concedeu passe livre para mais dois jogos. Com isso, não faltará apoio das arquibancadas. "Esse vai ser o jogo da vida novamente. Temos que conseguir a vitória a todo custo para sair dessa situação. É importante quando a torcida está junto. O apoio deles faz com que os jogadores se empenhem muito mais", acrescenta Valdívia.
No final do treino de ontem, Vitinho torceu o tornozelo e será reavaliado. Mesmo que não tenha sofrido nada, o atacante não encara os paulistas, pois está suspenso pelo terceiro cartão amarelo, assim como o volante Fernando Bob. A direção cogita contar com Rodrigo Dourado e William. Os dois atletas colorados disputam no sábado a final olímpica com a seleção brasileira. Caso não atuem ou entrem por poucos minutos, a comissão técnica espera escalá-los para o duelo de domingo.
A movimentação de ontem não indicou um provável time titular para a partida contra o São Paulo. O trabalho exigiu conclusões a gol, passando por uma marcação homem a homem, além de um trabalho tático em campo reduzido. Danilo Fernandes e o lateral-direito Ceará, recuperados de lesão, participaram normalmente do treinamento. A tendência é de que o goleiro retorne diante do tricolor paulista, enquanto o lateral fique à disposição. Os jogadores voltam a trabalhar hoje, desta vez em dois turnos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia