Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 17 de agosto de 2016. Atualizado às 16h07.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Rio-2016

17/08/2016 - 11h42min. Alterada em 17/08 às 12h29min

Justiça do Rio determina apreensão de passaportes de atletas da natação dos EUA

Ryan Lochte (primeiro, à esquerda), alvo da medida, comemora ouro nos 4x200m livre ao lado de Phelps

Ryan Lochte (primeiro, à esquerda), alvo da medida, comemora ouro nos 4x200m livre ao lado de Phelps


CHRISTOPHE SIMON/AFP/JC
Agência Brasil
A juíza Keyla Blank, do Juizado Especial do Torcedor e de Grandes Eventos do Rio de Janeiro, determinou nesta quarta-feira (17) a apreensão dos passaportes dos nadadores olímpicos americanos Ryan Lochte e Jimmy Feigen. Os dois registraram uma ocorrência de roubo na Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (Deat) da Polícia Civil.
No entanto, os policiais civis detectaram contradições nos depoimentos dados pelos dois atletas, que disseram ter sido assaltados depois de saírem de uma festa na Casa da França, no Jardim Botânico.
A Agência Brasil ainda não conseguiu contato com a Polícia Federal para saber informações sobre o cumprimento da decisão judicial. Segundo notícias divulgadas pela imprensa, Ryan Lochte já deixou o Brasil, antes de ter seu passaporte apreendido.
O Consulado dos Estados Unidos no Rio de Janeiro ainda não se pronunciou sobre o assunto.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Olmir Antonio de Oliveira 17/08/2016 15h38min
Que história, se espera que as coisas fiquem bem claras, quando da ocorrência ficou a imagem da cidade e do país bastante arranhada, apear de sabermos como esta e á situação da querida cidade maravilhosa.