Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 17 de agosto de 2016. Atualizado às 13h47.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Inter

17/08/2016 - 00h39min. Alterada em 17/08 às 13h48min

Inter deixa a crise de lado e celebra título da Libertadores de 2006 em jogo comemorativo

Ao final do jogo comemorativo, torcida invadiu o campo para comemorar os 10 anos do título

Ao final do jogo comemorativo, torcida invadiu o campo para comemorar os 10 anos do título


Ricardo Duarte/Inter/Divulgação/JC
Melissa Renz
16 de agosto de 2006. Quem é colorado sabe muito bem o que essa data representa. Após uma final emocionante contra o São Paulo, o Internacional entrava no seleto grupo dos campeões da Libertadores da América. O Beira-Rio lotado era o palco da festa, que se estendeu por Porto Alegre e pelo Rio Grande do Sul.
Para reviver a conquista, o ex-meio-campista Paulo César Tinga, autor de um dos gols do título, idealizou o projeto do jogo comemorativo aos 10 anos da conquista da Libertadores da América de 2006, em parceria com o Inter e as empresas TXT Sports and Business e By Tinga.
Apesar da fase atual do Internacional não estar boa a torcida resolveu dar um tempo no presente para recordar um passado vitorioso. O começo do jogo foi marcado pela entrada dos jogadores em um tapete vermelho. O estádio vibrava a cada nome anunciado. Adriano Gabiru o autor do gol que deu o titulo mundial ao Internacional foi um dos nomes mais ovacionados.
De um lado do campo estavam os Heróis de 2006, os jogadores que marcaram o título: Clemer, Ceará, Índio, Bolívar, Fabiano Eller, Jorge Wagner, Tinga, Perdigão, Alex, Rafael Sobis, Iarley, Rentería, e Adriano Gabiru. E do outro lado os craques colorados que fizeram história no clube como Valdomiro, Dadá Maravilha, Jair, Aloísio, Pinga, Dunga, Mauro Galvão, Fabiano, Maurício, Cléo Hickmann, Amarildo, Nílson, Christian, Martin Hidalgo, Kléber e Magrão.
O momento emocionante ficou por conta da entrada de Enzo, filho de Fernandão, o eterno camisa 9, que morreu em junho de 2014 em um acidente aéreo no interior de Goiás. Enzo recebeu a braçadeira de capitão pelas mãos do ex-técnico da seleção brasileira Dunga.
O jogo terminou 6 a 3 para o time de 2006. Valdomiro, Dadá Maravilha e Jair marcaram para os craques colorados. Bolívar, Rentería, Iarley, Tinga, Enzo e Adriano Gabiru para o time de 2006. No final da partida a torcida invadiu o campo e comemorou juntamente com os ex jogadores.
O Jornal do Comércio conversou com alguns torcedores presentes na partida comemorativa e fez a seguinte pergunta: um jogo comemorativo em meio à fase ruim do Internacional incentiva o atual time a querer vencer?

Érico Sawabe, 33 anos, cientista de computação, e Otavio Acosta, 33 anos, cientista de computação


Melissa Renz/Especial/JC
Erico: Eu acredito que incentiva bastante, com essa celebração lembra muita história do inter na qual a gente foi campeão. Essa comemoração só tem a melhor o ânimo e o ambiente dos jogadores e da torcida em si.
Otavio: Eu acho que incentiva, por que faz doze jogos que o inter não ganha, já tentaram mudar de treinador, mudar o time e não adiantou nada. E a gente espera que possa incentivar um pouco.

Odilon Ribeiro, 52 anos, músico


Melissa Renz/Especial/JC
Eu acho que é um incentivo para o pessoal retornar e vir com mais vontade. Trazer esse pessoal do passado pode ser um incentivo. Muitas pessoas nem viram esses jogadores atuarem. O fato do Inter estar perdendo não vai tirar a nossa história.

Felipe Borges, 24 anos, estudante de publicidade


Melissa Renz/Especial/JC
Com certeza incentiva. Ver caras como Alex, que um dia foi campeão, e lembrar que ele está no time atual traz ânimo e esperança.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Dorian R. Bueno 17/08/2016 10h45min
FESTA DOS 10 ANOS DA 1ª LBA DO INTERNACIONAL !!!nPARABÉNS AO TINGA PELA INICIATIVA.nAssistir esta linda PARTIDA DE FUTEBOL pela TV em plena 3ªf às 20h, num canal alternativo e Gaúcho sem custos com transmissão ao vivo pela as vozes do rádio, foi sensacional, ou melhor, somente numa grande festa de um clube INTERNACIONAL. Bah Tchê, quem sabe possam repetir este tipo de transmissão, foi DEZ.nNão vi os jogadores atuais em algum lugar do BEIRA-RIO para assistir os atletas do passado jogar, e notar que possuem grande prestígio junto aos torcedores, devido as suas VITÓRIAS e TÍTULOS, então vão à luta que ainda há tempo.nAinda bem que o craque Rentería conseguiu recuperar a TOUCA VERMELHA do nosso saci COLORADO, comemorando em grande estilo, quem sabe agora a coisa vai melhorar.nO Abel e Roth poderiam fazer uma dobradinha para as próximas rodadas do brasileirão e com suas experiências ajudar o INTERNACIONAL.nO resultado de 6x3 para os campeões da LBA 2006, não condiz com o que aconteceu dentro do campo, porque o juiz e seus auxiliares foram muito ruins.nAbs. Dorian Bueno Google+, POA, 17.08.2016n