Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 08 de agosto de 2016. Atualizado às 20h03.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Rio-2016

08/08/2016 - 20h03min. Alterada em 08/08 às 20h03min

Seleção feminina de handebol vence seu segundo jogo na Rio 2016

Até a goleira do Brasil, Barbara Arenhart (C), marcou um golo na partida

Até a goleira do Brasil, Barbara Arenhart (C), marcou um golo na partida


Eric FEFERBERG/AFP/JC
Agência Brasil
Com uma grande atuação, a seleção feminina de handebol conquistou hoje (8) sua segunda vitória nas Olimpíadas. Depois de superarem as norueguesas, atuais campeãs olímpicas, no primeiro jogo, as brasileiras impuseram uma goleada de 26 x 13 nas romenas, que haviam eliminado o Brasil nas oitavas de final do último campeonato mundial da categoria, disputado em dezembro, na Dinamarca.
Desde o início, as brasileiras conseguiram impor bom ritmo de jogo, com excelente atuação na defesa e rapidez nos contra-ataques. Assim como no primeiro jogo, o Brasil teve uma jogadora expulsa. Após puxar uma adversária pelo braço na entrada da área, a armadora esquerda Duda Amorim, eleita melhor jogadora do mundo em 2014, foi expulsa. No primeiro jogo, a pivô Fabiana Diniz, mais conhecida como Dara, foi expulsa. Apesar da expulsão, Duda está grantida na próxima partida.
A expulsão da estrela do time, no entanto, não prejudicou a atuação da seleção, que conseguiu manter boa vantagem no marcador durante toda a partida, com grande atuação das goleiras Mayssa e Bárbara Arenhart.
O Brasil está no Grupo A, ao lado de Noruega, Romênia, Angola, Montenegro e Espanha. As espanholas são as próximas adversárias do Brasil, na quarta-feira, às 9h30. As quatro melhores equipes passam para a fase seguinte.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia