Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 08 de agosto de 2016. Atualizado às 12h01.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Rio-2016

08/08/2016 - 12h04min.

Mais um atleta estrangeiro da Olimpíada é preso por estupro

Agência O Globo
A Polícia Civil prendeu mais um atleta estrangeiro do boxe acusado de estupro de uma camareira na Vila Olímpica. O boxeador da Namíbia Jonas Junias, de 22 anos, da categoria médio ligeiro, foi detido por agentes da 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes) após ser denunciado pela vítima. Segundo contou a delegada Carolina Salomão à rádio CBN, o atleta agarrou e beijou a camareira e, em seguida, ofereceu dinheiro para que a vítima mantivesse relação sexual com ele.

Depois da abordagem, a mulher saiu correndo e procurou a polícia. O atleta foi levado para a delegacia, onde foi autuado, e será encaminhado para o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu. Com isso, ele deve ficar fora da Olimpíada. Jonas Junias lutaria na noite de quinta-feira com o atleta francês Hassan Anzille, no Pavilhão 6 do Riocentro.

Na sexta-feira, o boxeador marroquino Hassan Saada, de 22 anos, foi preso acusado de estupro contra duas camareiras que limpavam seu quarto na Vila Olímpica, na Barra da Tijuca. A delegada Carolina Salomão autuou o boxeador pelo crime de estupro. Ele está detido em Bangu.

No sábado, o desembargador Wilson do Nascimento Reis indeferiu o habeas corpus pedido pela defesa de Hassan Saada. Na decisão, o desembargador afirmou não ter encontrado qualquer irregularidade na prisão que justificasse o deferimento do habeas corpus.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia