Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 07 de agosto de 2016. Atualizado às 15h56.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Rio-2016

07/08/2016 - 15h50min. Alterada em 07/08 às 15h56min

Favorita ao ouro, Serena Williams vence na estreia do tênis feminino

Tenista Serena Williams vence primeira partida e é uma das favoritas ao ouro

Tenista Serena Williams vence primeira partida e é uma das favoritas ao ouro


Roberto SCHMIDT / AFP/JC
Duas das principais cabeças de chave do torneio feminino de simples do tênis na Rio-2016, Serena Wiliams e Angelique Kerber estrearam com vitória em partidas já encerradas neste domingo. Maior favorita ao título, a norte-americana superou a australiana Daria Gavrilova por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2. Já a tenista alemã, segunda pré-classificada, passou pela colombiana Mariana Duque-Marino por 6/3 e 7/5.
Em busca de seu quinto ouro olímpico, Serena assim se credenciou para enfrentar na próxima fase a vencedora do confronto entre a francesa Alize Cornet e a sueca Johanna Larsson, também programado para acontecer neste domingo. Já a próxima rival de Kerber será a canadense Eugene Bouchard.
Uma das grandes estrelas dos Jogos do Rio, Serena também levou o ouro olímpico em simples e duplas em Londres-2012, assim como atingiu o topo do pódio nas duplas também em Sydney-2000 e Pequim-2008.
Líder do ranking mundial, Serena teve dificuldades para confirmar favoritismo no primeiro set do jogo contra Gavrilova, atual 42ª colocada da WTA. Ela chegou a ter o seu saque quebrado por duas vezes, mas converteu três de cinco break points para fazer 6/4.
Já na segunda parcial, desta vez sem ter o serviço ameaçado por nenhuma vez, a norte-americana foi feliz em duas de oito chances de ganhar games no saque da adversária para aplicar o 6/2 que liquidou o confronto.
Kerber, por sua vez, chegou a ter o seu saque quebrado por quatro vezes no confronto diante de Duque-Marino, 81ª colocada do ranking mundial, mas converteu seis de 17 break points para também encaminhar o seu triunfo em sets diretos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia