Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 10 de agosto de 2016. Atualizado às 17h16.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

Alterada em 10/08 às 17h21min

Ouro fecha em alta com dólar desvalorizado

Os contratos futuros de ouro fecharam em alta nesta quarta-feira (10) puxados pela desvalorização do dólar ante moedas fortes e parte das divisas emergentes. A queda da moeda americana torna o metal precioso, que é negociado em dólar, mais atrativo para investidores estrangeiros.
O ouro para dezembro, negociado na New York Mercantile Exchange (Nymex), fechou em alta de 0,38%, a US$ 1.351,90 por onça-troy.
Na terça-feira, o Departamento do Trabalho dos EUA apontou recuo de 0,5% no índice de produtividade da mão de obra do país no segundo trimestre, dado que vem pressionando a moeda americana e impulsionando o ouro.
"Com o apoio de um dólar mais fraco, queda dos juros dos Treasuries e menor expectativa de alta dos juros básicos, o ouro voltou à trajetória de alta", disseram analistas do Commerzbank em uma nota enviada a clientes.
Apesar disso, outros analistas acreditam que o dado represente apenas uma repercussão de curto prazo. "Para nós, o cenário maior para o ouro continua o mesmo. Olhando para o posicionamento dos futuros e as entradas recorde de investidores no mercado, o sentimento aparenta estar dominado pela demanda", afirma Norbert Ruecker, da Julius Baer. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia