Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 10 de agosto de 2016. Atualizado às 14h01.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Aviação

08/08/2016 - 20h04min. Alterada em 08/08 às 20h31min

Embraer vai demitir no Brasil para economizar quase R$ 700 milhões

Sindicato diz que plano da Embraer busca cobrir provisão para pagar multa em caso de propina

Sindicato diz que plano da Embraer busca cobrir provisão para pagar multa em caso de propina


EMBRAER/DIVULGAÇÃO/JC
A Embraer comunicou aos funcionários nesta segunda-feira (8) que fará um Programa de Demissão Voluntária (PDV) em suas fábricas no Brasil. A medida busca reduzir em US$ 200 milhões as despesas no País. O valor já está provisionado e foi incluído no balanço do segundo trimestre deste ano e equivale a quase R$ 700 milhões (cotação do dólar a R$ 3,1696).
A informação é do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos. O sindicato afirmou que a empresa não deu detalhes do plano e que é contra a medida.
Supervisores dos setores comunicaram aos trabalhadores a adoção de PDV e outras medidas, que buscam o corte de despesas. Segundo os sindicalistas, o valor do corte seria "exatamente o mesmo da provisão para pagamento de uma multa" envolvendo um caso de propina investigado pelo Ministério Público Federal do Rio de Janeiro e denunciado em 2010 pelo Departamento de Justiça do governo dos Estados Unidos.
Em depoimento em abril ao MPF-RJ, o gerente da Área de Defesa da Embraer, Albert Philip Close, teria revelado que a direção da empresa teria autorizado o pagamento a uma autoridade da República Dominicana para garantir a venda de oito aviões Super Tucano ao país.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Claudio 10/08/2016 13h49min
Em relação à corrupção, com os Estados Unidos não se brinca. No caso da Embraer os empregados e suas famílias vão pagar a conta.