Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 03 de agosto de 2016. Atualizado às 22h11.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Energia

03/08/2016 - 22h11min. Alterada em 03/08 às 22h11min

Light registra prejuízo líquido de R$ 58,4 milhões no 2º trimestre

A Light reportou prejuízo líquido de R$ 58,4 milhões no segundo trimestre do ano, 2% superior às perdas de R$ 57 milhões anotadas em igual período de 2015. A companhia atribuiu o prejuízo à piora do resultado financeiro em R$ 34,6 milhões, que foi parcialmente compensada pela melhora na linha de equivalência patrimonial.
O Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado entre abril e junho foi de R$ 162,6 milhões, 10,2% acima do segundo trimestre do ano passado, principalmente em função do aumento de 26,4% no volume de energia vendida pela geradora, devido à estratégia de sazonalização, explicou a empresa no relatório de resultados. A margem Ebitda ajustado foi de 8,1% no segundo trimestre do ano elevação de 1,5 pontos porcentuais ante igual intervalo de 2015.
A receita líquida recuou 10,4% no segundo trimestre para R$ 1,999 bilhão.
O resultado financeiro consolidado foi negativo em R$ 98,6 milhões, 54% maior do que a despesa financeira de R$ 64,0 milhões registrada em igual etapa do ano passado.
A companhia encerrou junho com dívida líquida de R$ 6,059 bilhões, queda de R$ 602,6 milhões em um ano.
O mercado total de energia (faturado) cresceu 0,6% no trimestre, alcançando 6.486 GWh, puxado pelos segmentos residencial (6,7%) e comercial (2,1%).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia