Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 01 de setembro de 2016. Atualizado às 12h53.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Palavra do Leitor

Notícia da edição impressa de 01/09/2016. Alterada em 31/08 às 20h34min

EPTC responde

Sobre a afirmativa de Erik Ultrecht (Palavra do Leitor, Jornal do Comércio, 31/08/2016) de que a EPTC não multa motoristas infratores na Capital, informamos que neste primeiro semestre ocorreram 273 mil autuações pelo desrespeito ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB), sendo 25 mil na área central. Muito em razão do trabalho diário dos agentes de trânsito e transporte, somado às ações permanentes de educação para o trânsito e medidas em engenharia de tráfego, os seis primeiros meses de 2016 encerraram-se com uma redução de 37% em número de acidentes; menos 18% em feridos e menos 32% em vítimas fatais. O mérito não é somente da EPTC e do poder público em geral, mas da comunidade que está se envolvendo na missão de mudança de cultura no trânsito, com mais respeito e cordialidade nas relações entre as pessoas. Convidamos a todos para serem multiplicadores pelo trânsito seguro, programa que já credenciou mais de mil pessoas na missão de buscar uma circulação com menos conflitos. Sugestões ou reclamações pelo fone 156 (118). (Cláudio Furtado, Assessoria de Imprensa da EPTC)
Congresso
Neste dia 31 de agosto, o Congresso Nacional cometeu procedimentos antagônicos e até anticonstitucionais, ao votar pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) e, logo após, numa descarada manobra do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que abriu voto para não cassar e desabilitar os direitos políticos da senhora Dilma; feriu a Constituição e abriu precedentes para outros "fichas sujas" continuarem enganando e se locupletando com as vantagens dos cargos. (Ramiro Nunes de Almeida Filho, diretor comercial)
Calor
Depois de meses, voltou o calor a Porto Alegre. Nada para tirar a roupa - não toda - quente, mas sim para colocar algo mais leve. Porém, muita gente foi à praia, aproveitando os dias lindos do último fim de semana. Legal, até a chuva estragar tudo. (Olivia Camboim, Porto Alegre)
Futebol
Confesso não ser muito ligado em esportes e, portanto, um torcedor não fanático por futebol. Entretanto, não consigo calar ante as injustiças que fazem em todas as áreas da atividade humana, onde o esporte não poderia escapar. Refiro-me à partida Brasil x Alemanha, na Olimpíada do Rio de Janeiro, que se desenvolveu nos 123 minutos de jogo num empate justo de 1x1. Continuou na cobrança das penalidades máximas, onde finalmente ganhamos de 5 x 4. A injustiça que me referi está no excesso de aplausos a Neymar e no quase desprezo pela defesa de Weverton, que resultou na vitória do Brasil. É por essas e outras que não me entusiasmo por futebol. (Gilberto Sartori)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Dorian R. Bueno 01/09/2016 10h24min
nCOLORADOS, POR HORA ACABOU O PESADELO !!!nnOntem à noitinha olhei para o céu e percebi um sinal, fiquei na dúvida se era uma estrela vermelha bem iluminada, talvez um cometa mostrando através da sua cauda que cairia dentro do BEIRA-RIO, em fim percebi que algo de ótimo estava para acontecer.nnPensei novamente naquele facho de luz vermelha se não era a estrela do PTE chorando e sinalizando que a querida Dilma caiu, e esta luz viria até o gramado antes do jogo para desenterrar algum feitiço feito contra o INTERNACIONAL.nnAinda não estava convencido, mas pensei mais uma vez e fui ver a escalação do INTERNACIONAL para enfrentar a retranca do time misto do FORTALEZA, aí eu tive a certeza que tudo poderia acontecer já que o técnico Celso Roth tinha escalado o time bem certinho.nnDentro do campo tudo funcionou, os jogadores trataram bem a querida BOLA e ela entrou três vezes, não tomamos GOLS e mesmo vencendo um grande time da série C, azar deles, o São Paulo perdeu para o Juventude.nnQueridos COLORADOS vamos vibrar, por hora acabou o pesadelo por falta de VITÓRIAS.nnAbs. Dorian Bueno Google+, POA, 01.09.2016n