Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 28 de agosto de 2016. Atualizado às 17h32.

Jornal do Comércio

Empresas & Negócios

COMENTAR | CORRIGIR

Responsabilidade Social

Notícia da edição impressa de 29/08/2016. Alterada em 26/08 às 19h35min

Retalhos unidos e multiplicados

Grupo se reúne para produzir peças que são enviadas para instituições

Grupo se reúne para produzir peças que são enviadas para instituições


LUIZ MEURER/DIVULGAÇÃO/JC
Nicole Feijó
Os retalhos de tecido que seriam descartados ganham um destino nobre. Os fragmentos, quando unidos, formam outros objetos e também transformam vidas. A parceria entre a loja SM Concept e o Grupo Bem-Me-Quer tem gerado esse efeito. Tudo começa na loja SM Concept, especializada em decoração e ambientação, que, há quatro anos, doa pedaços de tecidos que sobram de mostruários antigos ou da produção de artigos à venda para um grupo de idosas, o Bem- Me-Quer.
Elas, por sua vez, produzem objetos de artesanato para vender e, com o dinheiro arrecadado, compram leite em pó e alimentos não perecíveis para doar a instituições carentes e creches comunitárias. Ou seja, uma só parceria se propaga e beneficia outras organizações necessitadas. Andrea Manjabosco, sócia da SM Concept, aposta que o trabalho em equipe é essencial para que uma ação tenha benefício social efetivo. "A união faz a força, se não trabalharmos unidos, não vamos conseguir fazer a diferença", defende.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia