Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 19 de julho de 2016. Atualizado às 08h42.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

ESTADOS UNIDOS

18/07/2016 - 17h57min. Alterada em 18/07 às 17h58min

Começa convenção em que republicanos oficializarão candidatura de Trump

O evento está recebendo uma grande cobertura da mídia dos Estados Unidos e do exterior


SPENCER PLATT / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
Agência Brasil
O Partido Republicano iniciou hoje (18), na Arena de Quicken Loans, em Cleveland, estado de Ohio, a convenção nacional destinada a indicar oficialmente as candidaturas do bilionário Donald Trump para a presidência dos Estados Unidos e do governador de Indiana, Mike Pence, para a vice-presidência.
O evento está recebendo uma grande cobertura da mídia dos Estados Unidos e do exterior. Há mais de 15 mil veículos de comunicação credenciados. A convenção, que terminará quinta-feira (21), vai também ratificar o programa de propostas políticas a serem executadas em um possível governo republicano.
Planejada para ser uma oportunidade  de lançar uma mensagem de otimismo aos eleitores norte-americanos, a convenção enfrenta, no entanto, a oposição de dezenas de manifestantes, que se encontram no centro de Cleveland, para protestar contra Trump. Usando megafones e cartazes, os manifestantes expressam preocupação com as ideias manifestadas por Trump, ao longo do ano, durante a campanha eleitoral. Segundo os manifestantes, essas ideias aprofundam divisões raciais em um país que vem registrando crescente violência da polícia contra negros.
"Essa convenção veio bem na hora", disse o presidente do Comitê Nacional Republicano, Reince Priebus, ao abrir hoje a convenção. Ele se referia ao momento político e econômica dos Estados Unidos, que exige a adoção de medidas que valorizem a indústria americana e a livre iniciativa.
Em seguida, os delegados fizeram o juramento às ideias do partido e ouviram o Hino Nacional americano cantado por um coral infantil. Hoje à noite, Trump vai apresentar a esposa Melania aos delegados do partido. Em seguida, Melania, que fez raras aparições durante a campanha, fará um discurso.. A única vez que Melania falou em público foi no ano passado, quando apresentou o marido em um rápido discurso.
O discurso de Melania será o início de uma série de depoimentos de personalidades do mundo político e de negócios sobre as qualidades de Trump. Em seguida, Donald e a esposa viajam para Nova York e só voltam para a convenção na quarta-feira, quando serão aprovados os nomes dos candidatos republicanos.
A Arena de Quicken Loans está recebendo 2.472 delegados do Partido Republicano e mais 2.302 suplentes de todos os 50 estados americanos, da capital do país e dos cinco territórios. E cerca de 50 mil pessoas estão chegado para visitar Cleveland e apoiar os nomes escolhidos pela convenção para concorrer à Presidência da República. Para se tornarem candidatos presidenciais, Trump e Pence precisam do apoio da maioria dos delegados.
Os ex-presidentes George H. W. Bush (pai) e George W. Bush (filho) não aceitaram o convite para participar da convenção republicana de Cleveland. Ele alegaram que não têm planos para aprovar a candidatura de Trump.
Mitt Romney, que foi candidato republicano nas eleições presidenciais em 2012, também não aceitou o convite. Ao contrário, ele chamou Trump de uma "fraude".
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Marcelo Magalhães 18/07/2016 18h20min
Um aventureiro neo-nazista, um Collor de Melo do Hemisfério Norte! Quando até um caubói apocalíptico como George W. Bush e seu pai - que participou da conspiração que matou JFK se recusam a ir a uma convenção republicana, imaginem! Meu Deus!