Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 14 de julho de 2016. Atualizado às 23h51.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Argentina

Notícia da edição impressa de 15/07/2016. Alterada em 14/07 às 23h47min

Argentinos fazem panelaço contra aumento de tarifas públicas

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, enfrentou na noite desta quinta-feira o primeiro panelaço contra seu governo. A população foi às ruas contra o aumento de serviços básicos, como o de energia, cuja alta na tarifa chega a 500%.
No início deste ano, Macri havia determinado os reajustes para reduzir os gastos e o déficit público do Estado, que concedeu, durante os anos de kirchnerismo frente à Casa Rosada (2003-2015), subsídios à população nesses serviços.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia