Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 28 de julho de 2016. Atualizado às 18h18.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Aviação

28/07/2016 - 18h18min. Alterada em 28/07 às 18h18min

Aeronave da Varig passa por restauro e pode ser visitada em Porto Alegre

A exposição está aberta aos públicos nos fins de semana até o dia 28 de Agosto

A exposição está aberta aos públicos nos fins de semana até o dia 28 de Agosto


JONATHAN HECKLER/JC
O projeto Varig Experience está proporcionando aos apaixonados por aviação e ao público em geral a oportunidade de visitar um dos aviões que faziam parte da frota da saudosa companhia aérea gaúcha, o Douglas DC-3.
A exposição está acontecendo no Boulevard Laçador (Av. dos Estados, 111), próximo ao aeroporto Salgado Filho. Quem quiser entrar no avião será recepcionado por comissários de bordo caracterizados com uniformes que reproduzem os originais. As visitas a bordo do DC-3 acontecem nos finais de semana (sábados e domingos) das 12h às 18h. A visitação é gratuita e pode ser feita até 28 de agosto.
A aeronave foi adquirida primeiramente pela American Airlines em 1936, depois passando as mãos da Viação Aérea Rio-Grandense (Varig). O DC-3 fez parte da frota da empresa até 1971 e é considerada umas das primeiras aeronaves deste modelo a ser fabricada. Se valendo de dois motores Pratt & Whitney de 14 cilindros, do tipo radial e refrigerado, o DC-3 podia atingir uma média 270 km/h em voo de cruzeiro e chegar a 9 horas autonomia. A capacidade era para 32 passageiros e na cabine de comando iam dois pilotos e um rádio telegrafista.
O avião, que foi restaurado, pertence ao antigo Museu Varig, que funcionou até 2005. Atualmente, a preservação do acervo do museu está sob os cuidados do Instituto Museu Varig, fundado em 2015. A Varig, para quem não se recorda, foi a primeira companhia aérea brasileira, fundada em 1927, na Capital gaúcha. Entre 1950 e 1970, foi uma das maiores e mais conhecidas companhias aéreas privadas do mundo.
Para mais informações sobre o projeto, acesse o site.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia