Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 18 de julho de 2016. Atualizado às 18h30.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

saúde

18/07/2016 - 18h31min. Alterada em 18/07 às 18h31min

Brasil registra 165,9 mil casos de zika em 2016

O Brasil registrou este ano 165.932 casos de zika. A doença está presente em todas as regiões do País. De acordo com boletim divulgado pelo Ministério da Saúde com dados até o início de junho, os casos da infecção estão espalhados em 1.850 municípios.
A maior incidência ocorre no Centro-Oeste. Nos Estados da região, a média registrada é de 163 casos para cada 100 mil habitantes. Em Mato Grosso, a relação é de 612 casos para cada 100 mil, o dobro do que é registrado na Bahia (com 305,4 casos por 100 mil habitantes). No Rio, a incidência é de 278 casos por 100 mil.
Os números de zika superam os de chikungunya, outra infecção provocada pelo mesmo vetor, o Aedes aegypti. Dados do boletim indicam ter ocorrido no País, neste ano, 137.808 casos da doença. Casos suspeito foram registrados em 2.054 municípios. A maior incidência é no Nordeste, com uma média de 213 casos a cada 100 mil habitantes. O que chama a atenção de autoridades sanitárias é o expressivo número de mortes relacionada à doença, como o Estado já havia informado, em abril deste ano.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia