Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 04 de julho de 2016. Atualizado às 17h40.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

cinema

04/07/2016 - 17h40min. Alterada em 04/07 às 17h40min

Cineasta iraniano Abbas Kiarostami morre aos 76 anos

This file photo taken on May 22, 2014 shows Iranian director and President of the Cinefondation Jury Abbas Kiarostami posing during a photo-call of

Kiarostami vinha sendo submetido a uma série de operações


VALERY HACHE/AFP/JC
O diretor de cinema iraniano Abbas Kiarostami, vencedor da Palma de Ouro do Festival de Cannes de 1997 com o filme Gosto de Cereja, morreu nesta segunda-feira (4), aos 76 anos.
Segundo o The Guardian, Kiarostami, que viajou para a França para fazer um tratamento de câncer gastrointestinal, não resistiu à doença. Ele vinha sendo submetido a uma série de operações.
Seu filme mais recente é Um Alguém Apaixonado, de 2012. Kiarostami nasceu em Teerã, em 1940, e se graduou na universidade com um título em belas artes antes de começar a trabalhar com design gráfico. Ele se juntou ao Centro de Desenvolvimento Intelectual para Crianças e Jovens Adultos, uma instituição iraniana, onde deu início a um setor de cinema, o que impulsionou sua carreira como diretor. Ele era um dos mais importantes diretores do aclamado cinema iraniano contemporâneo. Com informações do Estadão Conteúdo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia