Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 28 de julho de 2016. Atualizado às 20h26.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

rio-2016

28/07/2016 - 20h27min. Alterada em 28/07 às 20h27min

Rogério Micale faz mistério e fecha treinamento da seleção olímpica em Goiânia

O técnico Rogério Micale fechou pela primeira vez, nesta quinta-feira, um treinamento da seleção brasileira olímpica. Ele permitiu o acesso dos jornalistas à atividade do estádio Serra Dourada, em Goiânia, apenas nos 15 minutos iniciais. A justificativa foi de que ele queria treinar jogadas ensaiadas de bola parada.
Durante o período de preparação na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), todos os treinamentos foram abertos, como Rogério Micale afirmara que iria fazer. Nesta sexta-feira, o treino da seleção no Serra Dourada, a partir das 17 horas, será aberto aos torcedores. O ingresso será um quilo de alimento não perecível.
Rogério Micale definirá o time para o amistoso deste sábado contra a seleção olímpica do Japão, mas não deverá haver novidades. O goleiro Fernando Prass apresentou uma “melhora significativa” da contusão no cotovelo direito, passará por reavaliação nesta sexta-feira, mas até por precaução as chances de enfrentar os japoneses são consideradas reduzidas.
O meia Renato Augusto, que só se juntou ao grupo na noite de quarta-feira após longa viagem da China ao Brasil, deverá ficar no banco de reservas. Aos 28 anos, ele é um dos três atletas (ao lado de Neymar e Fernando Prass) acima de 23 anos da seleção.
Com isso, o time que enfrentará a seleção japonesa deverá começar com Uilson; Zeca, Marquinhos, Rodrigo Caio e Douglas Santos; Thiago Maia, Rafinha Alcântara e Felipe Anderson; Gabriel Barbosa, Gabriel Jesus e Neymar.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia