Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 26 de julho de 2016. Atualizado às 09h57.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Inter

Notícia da edição impressa de 26/07/2016. Alterada em 25/07 às 21h16min

Semana de mobilização para a retomada das vitórias

Para Falcão, empate com a Ponte tirou um 'peso das costas'

Para Falcão, empate com a Ponte Preta tirou um 'peso das costas'


RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
O ponto conquistado pelo Inter no empate com a Ponte Preta no domingo pela manhã foi melhor do que a atuação da equipe. Entretanto, o fim da sequência de derrotas foi celebrado pela comissão técnica colorada, que vê a partida contra o Corinthians, no domingo que vem, no Beira-Rio, como fundamental para a retomada das vitórias no Campeonato Brasileiro.
Após o jogo em Campinas, o técnico Paulo Roberto Falcão ressaltou os aspectos positivos do ponto conquistado fora de casa. "Acho que o time tirou um peso das costas com este empate, que quebra a série de cinco derrotas seguidas", disse, em tom de confiança.
Falcão ainda ressaltou que só teve tempo de fazer seis treinamentos em duas semanas de trabalho. "Foram três treinos na primeira semana e mais três nesta última. É pouco ainda para a gente compactar um time de futebol, que é uma coisa complicada."
Para o duelo diante do Corinthians, além de Danilo Fernandes, machucado, o time não vai ter o volante Fernando Bob, que foi expulso. Por outro lado, Falcão terá a volta do meia Seijas, que cumpriu suspensão. Além disso, há muita expectativa pela estreia do uruguaio Nico López. Ontem, os jogadores que iniciaram a partida contra a Macaca realizaram apenas um treino regenerativo na academia, enquanto os reservas participaram de um coletivo.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Dorian R. Bueno 26/07/2016 08h32min
nO QUE FAZER COM OS JOGADORES DO INTERNACIONAL !!!nO treinador Falcão tem escalado o time com o material que o presidente Piffero gerou, e tem procurado manter a calma ao lidar com os atletas para o que der e vier.nÉ possível notar no seu jeito de tratar os jogadores na beira do campo toda a sua experiência, talvez por que sabe que precisa ser bem maneirinho ao conversar.nEstá agindo assim, por que os jogadores estão em depressão, e treinar o Internacional atual não deve ser uma missão tão fácil para qualquer treinador.nNos treinos é falado para eles se aproximar um dos outros, ter calma, não dar balão, chutar mais em GOL, etc., mas quando chega o grande dia do jogo para que tudo possa ser aplicado, aí vem à decepção.nÀs vezes os jogadores mesmo recebendo em dia um ótimo salário, demonstram dentro do campo que são tão displicentes e burros, parecendo que estão fazendo uma rebelião para derrubar logo o presidente para a segunda divisão.nAbs. Dorian Bueno Google+, POA, 26.07.2016n