Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 04 de julho de 2016. Atualizado às 12h39.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Rio-2016

04/07/2016 - 12h39min. Alterada em 04/07 às 12h39min

Tocha olímpica passa por Erechim e Passo Fundo e continua roteiro no Estado

Ex-jogador de vôlei da Seleção Gustavo Endres acende tocha em Passo Fundo em 3/7/2016 - REVEZAMENTO DA TOCHA OLIMPICA RIO 2016

Gustavo Endres foi um dos atletas que participou do revezamento em Passo Fundo


Andre Luiz Mello/Divulgação Rio-2016/JC
Erechim e Passo Fundo foram as duas primeiras cidades a receber a tocha olímpica da Rio-2016 no Rio Grande do Sul. Nesse domingo (3), a chama chegou ao Estado e cumpriu o roteiro pelas duas cidades e nesta segunda-feira (4) seguiu para novos destinos - São Miguel das Missões, Santo Ângelo, Ijuí e Cruz Alta. Até dia 9, o principal símbolo dos jogos terá passado por 28 localidades, com última parada em Torres. Em Porto Alegre, a tocha chega nesta quinta-feira (7). 
Em Passo Fundo, a Brigada Militar estimou que mais de 50 mil pessoas teriam acompanhado o percurso de 7,5 quilômetros, com chegada no Parque da Gare. Em Erechim, o governador José Ivo Sartori (PMDB) fez a recepção. O ex-goleiro da Seleção de futebol Gilmar Rinaldi abriu a passagem por Erechim. O símbolo chegou a Passo Fundo às 19h45min.
O comboio seguiu até o Largo da Literatura, escoltado pela Polícia Rodoviária Federal, Brigada Militar e a equipe da Guarda Nacional. O revezamento teve 36 atletas, entre eles o ex-jogador de vôlei da Seleção Brasileira Gustavo Endres. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia