Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 28 de julho de 2016. Atualizado às 00h24.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Consumo

Notícia da edição impressa de 28/07/2016. Alterada em 28/07 às 00h24min

Empresário do comércio melhora avaliação sobre volume de demanda

Expectativa do setor teve mais alto patamar desde janeiro de 2015

Expectativa do setor teve mais alto patamar desde janeiro de 2015


MARCELO G. RIBEIRO/JC
Os empresários do comércio estão ligeiramente mais satisfeitos com o nível de demanda, segundo os dados do Índice de Confiança do Comércio (Icom) de julho, divulgados ontem pela Fundação Getulio Vargas (FGV).
Dentro do Icom, o Índice da Situação Atual (ISA-COM) subiu 1,2 ponto, para o patamar de 66,1 pontos, maior nível desde agosto de 2015. Entre os seus componentes, a maior contribuição para a melhora do indicador veio do quesito que mede o grau de satisfação com o Volume de Demanda Atual, este com elevação de 2,0 pontos em relação ao mês anterior, chegando a 65,6 pontos.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia