Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 25 de julho de 2016. Atualizado às 22h56.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Aviação

Notícia da edição impressa de 26/07/2016. Alterada em 25/07 às 22h55min

Maior participação externa em aéreas é vetada

O presidente interino Michel Temer, cumprindo acordo feito com o Senado Federal, vetou o artigo da medida provisória aprovada no Congresso Nacional que aumentava para 100% a participação de capital estrangeiro nas empresas aéreas. Com isso, as companhias aéreas só poderão ter participação externa de até 20%, como é hoje.
A medida provisória original foi enviada ao Congresso Nacional pela presidente afastada Dilma Rousseff. Mas o texto falava em aumentar a participação estrangeira nas companhias aéreas de 20% para 49%.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia