Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 21 de julho de 2016. Atualizado às 22h34.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

construção civil

Notícia da edição impressa de 22/07/2016. Alterada em 21/07 às 21h48min

Construtora lança segunda fase de vendas de bairro planejado em Viamão

Zaluski cita alguns diferenciais do projeto

Zaluski cita alguns diferenciais do projeto


MARCO QUINTANA/JC
Voltada a projetos imobiliários na Região Metropolitana de Porto Alegre com foco em beneficiários do Programa Minha Casa Minha Vida, a ZAS Construtora lança, nesta sexta-feira, a 2ª fase de vendas do primeiro bairro planejado de Viamão. O empreendimento possui 520 terrenos, e, na primeira fase, vendeu 97 unidades.
Instalado a cinco minutos do Centro da cidade (pela avenida Mendanha ou BR-118), o bairro planejado Bella Vista tem infraestrutura completa, detalha Lorenzo Zaluski, sócio da ZAS Construtora. Fazem parte do projeto: áreas de lazer e centro comercial, além dos sistemas de tratamento de esgoto e pluvial. "Há também três praças e quadra poliesportiva", acrescenta Zaluski.
Outra demanda que a equipe identificou é com relação à segurança. Em outros empreendimentos semelhantes do grupo, essa necessidade já havia sido apontada por moradores, o que levou a equipe a incluir no Bella Vista soluções que foram adotadas, por exemplo, em bairro planejado de São Leopoldo. "Estamos incluindo nesse projeto toda a estrutura para videomonitoramento, que depois o conjunto de moradores pode definir a empresa que fará o serviço de segurança", descreve.
No total, a ZAS investiu cerca de R$ 12 milhões, com recursos próprios. O terreno, que tem 360 metros quadrados, está sendo vendido por R$ 69,9 mil. Os compradores podem recorrer ao financiamento, como a linha Aquisição de Terreno e Construção da Caixa Econômica Federal - principal banco financiador de imóveis no País. Há, também, possibilidade de construção do imóvel junto à própria ZAS ou com outras construtoras parceiras.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia