Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 14 de julho de 2016. Atualizado às 01h10.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Infraestrutura

Notícia da edição impressa de 14/07/2016. Alterada em 14/07 às 01h11min

Bndes terá fatia menor no financiamento de licitações

Novas regras podem valer já para o leilão de energia, diz Maria Silvia

Novas regras podem valer já para o leilão de energia, diz Maria Silvia


TOMAZ SILVA/ABR/JC
O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Bndes) está discutindo com agências reguladoras e o Programa de Parcerias de Investimentos como solucionar pendências de antigas concessões e quais seriam as mudanças para as novas. Entre os itens em pauta estão realismo tarifário, não permitir que o concessionário contrate ele mesmo para fazer o projeto e uma participação menor do Bndes no financiamento nas próximas rodadas de licitações.
"O Bndes teve um papel central nas concessões passadas, alavancando muito os investimentos. Esse é um dos aspectos que se pretende mudar. Em alguns casos, o banco chegou a alavancar 80% dos empréstimos-ponte" disse Maria Silvia Bastos Marques, presidente do Bndes, em evento organizado pela Fundação Getulio Vargas (FGV) no Rio de Janeiro.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia