Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 05 de julho de 2016. Atualizado às 18h10.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

energia

05/07/2016 - 18h10min. Alterada em 05/07 às 18h10min

Enel inicia construção de usina solar de US$ 300 milhões no Piauí

A elétrica italiana Enel, por meio de sua subsidiária Enel Green Power Brasil Participações, iniciou a construção da usina de energia solar de Nova Olinda, em Ribeira do Piauí (PI), que terá 292 MW de capacidade instalada e consumirá US$ 300 milhões em investimentos. Uma vez concluída, o que está previsto para ocorrer no segundo semestre de 2017, está será a maior usina solar da América Latina, informou a empresa.
Atualmente a Enel já possui a maior usina solar em operação no País, a Fontes Solar, de 11 MW, e está construindo Ituverava, de 254 MW, que passará a ser o segundo maior projeto de energia solar do Brasil.
O gerente da Enel para o Brasil, Carlo Zorzoli, destacou, por meio de nota, que a companhia pretende continuar investindo para crescer de maneira sólida no setor de energia no País. "O governo brasileiro tem desenvolvido um processo atrativo e bem estruturado de leilões e temos construído o nosso sucesso no País com base na nossa tecnologia líder de mercado, excelência em financiamento e reputação", declarou, por meio de nota.
A energia a ser gerada por Nova Olinda, cerca de 600 GWh por ano, já foi comercializada em leilão de reserva realizado em agosto do ano passado, o que resultou em um contrato de compra de energia (PPA - Power Purchase Agreement) de 20 anos. Neste mesmo leilão, o Grupo Enel vendeu energia de outros dois parques solares, Horizonte (103 MW) e Lapa (158 MW).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia