Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 05 de julho de 2016. Atualizado às 10h29.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

05/07/2016 - 10h29min.

Taxas futuras operam em alta, em sintonia com dólar e antes de leilão do Tesouro

Os juros futuros começaram o dia em alta, em sintonia com o dólar, refletindo a aversão a risco do exterior, mas também a expectativa com o leilão de títulos do Tesouro e a alta do IPC-Fipe de junho, que subiu e superou o teto das estimativas. A alta foi de 0,65% em junho, após subir 0,57% em maio e 0,42% na terceira prévia de junho. Analistas consultados pelo Broadcast Projeções previam aumento de 0,28% a 0,52%, com mediana de +0,45%.

Às 9h25min, o DI para janeiro de 2018 estava em 12,74%, de 12,68% no ajuste anterior. O DI para janeiro de 2021 exibia 12,21%, de 12,12% no ajuste de ontem.

O Tesouro realizará leilão de venda de Notas do Tesouro Nacional - Série B (NTN-B), papéis atrelados ao IPCA, com oferta de até 1,150 milhão de títulos, divididos em dois grupos. O leilão será realizado entre 11h e 11h30, com resultados a partir de 12h.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia