Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 20 de julho de 2016. Atualizado às 12h00.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Danilo Ucha

Painel Econômico

Notícia da edição impressa de 18/07/2016. Alterada em 17/07 às 17h48min

Polêmica no tombamento de armazém no Cais Mauá

Sofia Cavedon já conseguiu o apoio de outros 10 vereadores

Vereadora Sofia Cavedon já conseguiu apoio de 10 vereadores


LEONARDO CONTURSI
O projeto de lei de tombamento do Armazém A-7 do Cais Mauá, apresentado pela vereadora Sofia Cavedon (PT), na Câmara de Porto Alegre, está aumentando a discussão em torno do já polêmico projeto de revitalização da área, sob a responsabilidade da empresa Cais Mauá do Brasil e que não sai do papel. O texto também foi assinado pelos vereadores Adeli Sell (PT), Claudio Janta (SD), Comassetto (PT), Fernanda Melchionna (P-Sol), Jussara Cony (PCdoB), Marcelo Sgarbossa (PT), Mario Manfro (PTB), Alex Fraga (P-Sol), Rodrigo Maroni (PR) e Tarcísio Flecha Negra (PSD). Sofia garante que o tombamento "não impede a revitalização do Cais", embora os defensores da iniciativa digam que ali seria uma âncora financeira do projeto, com a construção de um shopping center. Outros, dizem que é mais um obstáculo ao projeto, pois, sendo bem tombado, novo e longo caminho burocrático será necessário para a aprovação de qualquer obra.

Políticas econômicas

O comentário do líder empresarial Paulo Vellinho explicando que não é só a má gestão que quebra empresa e sim as políticas econômicas governamentais desastradas gerou várias manifestações de leitores. Uma delas do auditor fiscal especializado em dívida pública João Pedro Casarotto. Depois de considerar bem-vinda a reflexão de Vellinho, afirmou que "as política de competência privativa da União - monetária, cambial, fiscal e tributária - são as principais responsáveis pelo retrocesso que vem ocorrendo em nossa economia há várias décadas a ponto de estarmos retornando aos tempos do Império, quando o Brasil dependia do abundante e irresponsável extrativismo". Segundo Casarotto, "certamente, não é só a má gestão que quebra empresas, estados e municípios no Brasil. Urge a implantação, de uma vez por todas, do federalismo no Brasil com o consequente sepultamento deste presidencialismo imperial, que tem permitido a deplorável apropriação do Estado brasileiro por alguns grupos sociais".

Crédito e juro baixo

As lideranças empresariais voltaram a pedir linhas de créditos especiais e juros baixos como forma de fomentar a retomada do crescimento no País, na mais recente reunião da Frente Parlamentar em Defesa da Indústria e do Setor Produtivo da Assembleia Legislativa. "Quando a economia está estagnada, é preciso que o investidor diga onde o sapato aperta. E neste momento, as empresas estão sufocadas pelos juros de mercado, especialmente para capital de giro, que em alguns casos pode chegar a 22% ao ano", disse o presidente da frente, deputado João Fischer (Fixinha), do PP. Representantes dos setores de máquinas, químico, calçadista e cerâmico, entre outros, discutiram alternativas às dificuldades de crédito com os bancos estaduais. Se o Bndes disponibilizasse recursos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), haveria dinheiro a juros mais baixos com prazo maior, segundo os empreendedores.

Expoagas

Mais de 40 mil pessoas estão sendo esperadas para a 35ª Expoagas, o maior evento do setor supermercadista no Cone Sul. Além de lançamentos de novos produtos, oportuniza à indústria condições favoráveis para a realização de negócios com empresários de todo o País e possibilita aos supermercadistas qualificarem seus serviços, conhecerem novidades, tendências e novos conceitos no setor, segundo Antonio Cesa Longo, presidente da Associação Gaúcha de Supermercados, organizadora da feira, que acontecerá entre os dias 23 e 25 de agosto.

Camil

A Camil, que nasceu em Itaqui (RS), em 1963, a partir da produção de arroz e hoje opera em vários países, com outros alimentos, inclusive açúcar e pescado, está saindo da crise em que entrou nos últimos anos. A Warburg Pincus, empresa global de private equity focada em investimentos em crescimento, que adquiriu ações do fundo de investimento FIP Camil, gerido pela Gávea Investimentos, correspondentes a uma participação de 31,7% do grupo, informou que a empresa obteve receita líquida de R$ 4 bilhões no exercício encerrado em fevereiro deste ano.

O Dia

  • Jovens de até 21 anos participarão da Seletiva Worldskills 2017, competindo na ocupação Tecnologia de Mídia Impressa, no Senai, avenida Assis Brasil, 8.450. Às 8h, até dia 22.
  • A CDL Porto Alegre, o Sindilojas Poa e o sindicato de Hospedagem e Alimentação farão café da manhã com o deputado federal Nelson Marchezan Jr. (PSDB) para ouvi-lo como candidato a prefeito de Porto Alegre, às 8h30min, no Hotel Plaza São Rafael.
  • A FCDL-RS tem novo representante no Conselho de Assuntos Tributários da Fecomércio-RS, o 1º diretor financeiro da entidade Moacir Paulo Lodi.
  • O projeto de lei do deputado federal Afonso Hamm (PP) criando o Dia Nacional da Ovinocultura foi aprovado na Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados e foi para a Comissão de Constituição e Justiça.
  • Fernando Pisa e Daiane Piccolotto, especialistas em telemedicina, farão treinamento aos profissionais do Hospital Centenário, em São Leopoldo, às 13h e às 18h.
  • O Hospital Moinhos de Vento realizará encontro entre profissionais e familiares com os cuidadores de pacientes da Doença de Alzheimer, às 15h30min, na sala 2, entrada pela rua Tiradentes, 333.
  • A psicóloga Letícia Forster falará sobre envelhecimento e memória, às 16h, na sala 160 do Hospital de Clínicas, na rua Ramiro Barcelos, 2.350.
  • A secção gaúcha da Associação Brasileira de Sommeliers iniciará curso, às 18h, no Sindicato de Hospedagem e Alimentação de Porto Alegre e Região (Sindha), rua Dr. Barros Cassal, 180/801.
  • Homenagem a Vergilio Perius, presidente do Sistema Ocergs-Sescoop-RS de cooperativas, e à professora Lissi Iria Bender Azambuja, pela Federação dos Centros de Cultura Alemã no Brasil, Comissão das Comemorações da Imigração Alemã no Rio Grande do Sul e o Centro Cultural 25 de Julho de Porto Alegre, às 19h30min, na rua Germano Petersen Jr., 250.
  • Coquetel de lançamento de mais uma edição da revista WE, de Luiz Jacintho Pilla, às 20h, na Kopenhagen, na rua Casemiro de Abreu, 1.210, em Porto Alegre.
  • A multinacional francesa Essilor International, líder mundial na fabricação de lentes oftálmicas, tem um novo diretor-geral no Brasil, Eugenio Drummond que ingressou na Essilor Brasil há quase 2 anos como diretor de Laboratórios em Participação.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
joao pedro 20/07/2016 11h59min
É realmente vergonhosa a ação de parte de nossos vereadores que não permitem, por ideologias totalmente ultrapassadas e sectárias, a modernização da estrutura urbana da cidade, que a tornaria mais agradável e turística. São contra tuto e todos, sem soluções plausíveis.nParecem, de fato, a vanguarda radical do atraso.