Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 24 de junho de 2016. Atualizado às 15h58.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

operação custo brasil

24/06/2016 - 15h58min. Alterada em 24/06 às 15h58min

Ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira se entrega à Justiça em São Paulo

O ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira se entregou na tarde desta sexta-feira, 24, à Justiça Federal em São Paulo. Paulo Ferreira teve prisão preventiva decretada pelo juiz federal Paulo Bueno de Azevedo, da 6ª Vara Federal, na capital paulista, na Operação Custo Brasil, desdobramento da Lava Jato.
O ex-tesoureiro está sob suspeita de envolvimento no esquema de fraude com empréstimos consignados, a partir de um contrato do Ministério do Planejamento, em 2010, na gestão do então ministro Paulo Bernardo, marido da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PT). O ex-ministro foi preso nesta quinta-feira, 23.
A Justiça decretou a prisão de 11 investigados, entre eles Paulo Ferreira e Paulo Bernardo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia