Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 24 de junho de 2016. Atualizado às 00h21.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

operação lava jato

Notícia da edição impressa de 24/06/2016. Alterada em 23/06 às 21h57min

Nestor Cerveró coloca tornozeleira e deixará prisão

Ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró colocou uma tornozeleira eletrônica nesta quinta-feira na sede da Justiça Federal, em Curitiba. Preso em janeiro de 2015, durante a 8ª fase da Operação Lava Jato, Cerveró firmou um acordo de colaboração com o Ministério Público Federal (MPF) que lhe garantiu a saída da carceragem da Polícia Federal (PF), o que deve acontecer nesta sexta-feira e deve deixar a cidade no mesmo dia, quando embarca em um voo comercial para o Rio de Janeiro.
Nestor Cerveró já foi condenado duas vezes no âmbito da Lava Jato a um total de 27 anos e quatro meses de reclusão. O ex-diretor da Diretoria Internacional da Petrobras foi condenado por privilegiar empresas em contratos realizados pela estatal e iniciou o acordo de delação premiada para reduzir sua pena, que não poderá superar os 20 anos. Como já está preso há mais de 1 ano e 5 meses, poderá deixar o regime fechado, utilizando uma tornozeleira eletrônica.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia