Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 21 de junho de 2016. Atualizado às 20h13.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

câmara dos deputados

21/06/2016 - 20h13min. Alterada em 21/06 às 20h13min

Maranhão demite Claudio Lessa, diretor da Secretaria de Comunicação

O presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), demitiu nesta terça-feira (21), o diretor da Secretaria de Comunicação, Claudio Lessa, responsável pela TV Câmara. A emissora criada para divulgar as atividades parlamentares transmitiu nesta terça-feira, 21, ao vivo a entrevista coletiva do presidente afastado da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que foi condenado por parlamentares. A presidência alega que o motivo da demissão não está relacionado com a transmissão desta manhã.
"Essa questão já estava decidida. Eu estava apenas aguardando o retorno das férias. As pessoas passam e as instituições ficam. Trata-se de um bom profissional que cumpriu sua missão com zelo e responsabilidade", disse Maranhão. Lessa voltou de férias nesta segunda-feira, 20, e, como é servidor da Casa, será realocado para outra função.
Segundo a assessoria de imprensa da presidência da Câmara, a decisão de transmitir o pronunciamento de Cunha foi de caráter jornalístico, e nem o comando da Casa sabia que haveria transmissão ao vivo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia