Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 16 de junho de 2016. Atualizado às 22h30.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

lava jato

Notícia da edição impressa de 17/06/2016. Alterada em 16/06 às 21h13min

'Não há absolutamente nenhum temor', afirma Padilha

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha (PMDB), afirmou, nesta quinta-feira, após participar de evento com empresários em São Paulo, que não há preocupações no governo sobre os efeitos que possa ter a Operação Lava Jato. Ele também reforçou a mensagem de que o presidente interino, Michel Temer (PMDB), nega o encontro com o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, que o citou em delação premiada. "A citação a Temer é absolutamente gratuita, não teve conversa do presidente Michel Temer sobre recursos para campanha. Com relação ao presidente, é zero a possibilidade de envolvimento dele com Sérgio Machado."
Padilha defendeu, em entrevista coletiva, que em 2012 havia somente distinção do que era doação legítima e caixa-2. Segundo ele, a maioria da classe política não sabia da doação oficial de empresas para campanhas em troca de benefícios.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia