Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de dezembro de 2016. Atualizado às 17h24.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Impeachment

Notícia da edição impressa de 09/06/2016. Alterada em 27/12 às 18h29min

Dilma se defende e fala em 'golpe de Estado'

 Dilma Rouseff participou de manifestação em Porto Alegre na semana passada

Dilma Rouseff participou de manifestação em Porto Alegre na semana passada


JONATHAN HECKLER/JC
Em manifestação enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF), a presidente Dilma Rousseff (PT) sustentou a tese de que está em curso "um verdadeiro golpe de Estado no Brasil, formatado por meio de um processo de impeachment ilegítimo e ofensivo à Constituição".
A declaração é uma resposta da petista a uma interpelação feita por deputados da base aliada do governo interino de Michel Temer (PMDB) questionando a tese de que a petista é alvo de um golpe por seu afastamento.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia