Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de dezembro de 2016. Atualizado às 17h24.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

GESTÃO PÚBLICA

Notícia da edição impressa de 09/06/2016. Alterada em 27/12 às 18h30min

MPF avalia acesso a dados públicos em portais

O Ministério Público Federal (MPF) no Rio Grande do Sul concluiu a segunda etapa do projeto Ranking Nacional dos Portais de Transparência, que avalia a disposição de dados públicos e mecanismos para solicitações da população. Porto Alegre repetiu a pontuação máxima, 10. No índice regional, quando avaliados apenas portais estaduais, o Rio Grande do Sul baixou de 9 para 8,6 pontos. Já no índice estadual por municípios, subiu de 6,06 para 7,36. A média nacional ficou em 5,15 contra 3,92 na avaliação anterior.
Para montar a pontuação, o MPF considera informações disponíveis nos sites, como conteúdos sobre a Lei de Acesso à Informação, telefones, horários de atendimento e dados gerados sobre a receita. Foram avaliados com a nota máxima 47 municípios gaúchos.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia