Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 17 de junho de 2016. Atualizado às 10h07.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

gente

17/06/2016 - 09h48min. Alterada em 17/06 às 10h07min

Morre Rubén Aguirre, o Professor Girafales de Chaves

Aguirre vinha apresentando alguns problemas de saúde, há pouco menos de duas semanas, esteve internado para tratar de uma pneumonia

Aguirre vinha apresentando alguns problemas de saúde, há pouco menos de duas semanas, esteve internado para tratar de uma pneumonia


Reprodução Twitter/JC
Agência O Globo
O ator Rubén Aguirre, famoso por interpretar o personagem Professor Girafales no seriado Chaves, morreu nesta sexta-feira (17). Quem deu a notícia foi Edgar Vivar, que interpretava o Senhor Barriga, amigo de longa data de Aguirre. Ele tinha 82 anos e a causa da morte ainda não foi divulgada.
"Meu professor favorito, descanse em paz. Hoje meu grande amigo Ruben Aguirre parte deste mundo. Sentirei muitas saudades", escreveu Vivar em seu perfil no Twitter
Aguirre vinha apresentando alguns problemas de saúde. Há pouco menos de duas semanas, esteve internado para tratar de uma pneumonia. Sua filha, Verônica, disse ao jornal Clarín, que o pai estava "um pouco melhor", mas não estava totalmente recuperado. Na ocasião, o ator chegou a publicar uma mensagem aos fãs. "Obrigado pelas mensagens. Elas me alegram", escreveu.
Além da pneumonia, Aguirre usava remédios para controlar sua diabetes, cálculos de vesícula e doenças renais. Ele vivia em uma cadeira de rodas desde 2007, quando sofreu um grave acidente de carro. Sua mulher, Consuelo de los Reyes, chegou a perder uma das pernas na ocasião.
Por conta de sua saúde debilitada, viveu recluso em seus últimos anos, afastado da Cidade do México, capital do país. Deixou a vida artística por vergonha do próprio corpo - ele engordou muito por conta da medicação e ficou com peso maior que o do amigo Edgar Vivar.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia