Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 16 de junho de 2016. Atualizado às 19h29.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

protestos

16/06/2016 - 18h47min. Alterada em 16/06 às 19h29min

Liminar determina que professores desocupem Centro Administrativo do Estado

 Professores do CEPRS-Sindicato, ainda em greve, bloqueiam a entrada de servidores no CAFF pressionando para negociação com o governo do Estado

CAFF foi ocupado por professores, que bloquearam a entrada de servidores


MARCELO G. RIBEIRO/JC
Em nova decisão, no final da tarde desta quinta-feira (16), a Juíza de Direito Andréia Terre do Amaral, da 3ª Vara da Fazenda Pública do Foro Central, determinou que as dependências do Centro Administrativo Fernando Ferrari (CAFF), em Porto Alegre, sejam totalmente desocupadas.
Desde a última segunda-feira (13) um grupo de professores ligados ao CPERS/Sindicato ocupa e bloqueia o acesso ao local. Em caso de descumprimento da decisão, será aplicada multa diária de R$ 50 mil.
"A relevância da pauta política levada a efeito pelos requeridos não se pode sobrepor à importância de todas as atividades que são desenvolvidas no local que concentra grande parcela da Administração Pública do Estado", considerou a juíza.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia