Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 19 de junho de 2016. Atualizado às 19h49.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

eurocopa

19/06/2016 - 19h50min. Alterada em 19/06 às 19h50min

Albânia conquista vitória histórica e segue viva na Eurocopa; Romênia é eliminada

É o primeiro triunfo dos albaneses em um torneio oficial de seleções

É o primeiro triunfo dos albaneses em um torneio oficial de seleções


JEAN-PHILIPPE KSIAZEK/AFP/JC
Agência Brasil
A Albânia conquistou neste domingo (19) um resultado histórico ao derrotar a Romênia por 1 a 0, no Stade de Lyon, em Lyon, na França, pela terceira e última rodada do Grupo A da Eurocopa. Estreante na competição continental, este é o primeiro triunfo dos albaneses em um torneio oficial de seleções. E mais: mantém vivas as chances de classificação às oitavas de final.
Com três pontos, a Albânia encerrou a chave na terceira colocação - França, com sete, e Suíça, com cinco, ficaram à sua frente e avançaram direto; a Romênia, com um na lanterna, está eliminada. Nesta Eurocopa, agora com 24 seleções, os quatro melhores terceiros colocados de seis grupos passam às oitavas de final. E as chances são boas, já que em três das outras cinco chaves o terceiro colocado tem menos de três pontos.
Em campo, a partida não teve um bom nível técnico, mas não faltou emoção. No primeiro tempo, o duelo ficou muito amarrado no meio de campo e poucas chances de gol foram criadas. Na melhor delas, a Albânia conseguiu o seu gol - histórico por ser o primeiro na Eurocopa. Aos 42 minutos, o meia Sadiku começou a jogada pelo meio e tocou para a ponta direita. O lateral Hysaj cruzou na segunda trave e o camisa 10 albanês aproveitou indefinição do goleiro Tatarusanu e do zagueiro Chiriches para marcar de cabeça.
Na segunda etapa, o que era previsto aconteceu: uma forte pressão da Romênia. Com a necessidade da vitória para seguir com chances de classificação, os romenos foram todos para o ataque. Deixaram espaços para contra-ataques, mas não foram ameaçados pelos albaneses. A melhor chance para o empate aconteceu aos 30 minutos, quando o meia Andone arrancou pela direita, entrou na área e soltou uma bomba que explodiu na trave do goleiro Berisha.
Até o final, a seleção da Albânia se segurou como pôde e após o apito final do árbitro comemorou muito com os fanáticos torcedores a histórica vitória e, quem sabe, a histórica classificação. Vai ter de torcer até quarta-feira, quando acaba a fase de grupos da Eurocopa.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia