Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 19 de junho de 2016. Atualizado às 16h20.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

19/06/2016 - 16h21min. Alterada em 19/06 às 16h21min

Em Salvador, Chapecoense supera o Vitória por 2 a 1 e encosta no G4

A Chapecoense conseguiu uma importante vitória por 2 a 1 sobre o Vitória, no Barradão, em jogo válido pela nona rodada do Brasileirão. Com gols de Sérgio Manoel e Thiego, o time catarinense chegou aos 14 pontos e beliscou temporariamente a 4ª posição do campeonato. Já o Vitória, que descontou com Marinho, ocupa a 15ª colocação, com 9 pontos somados.
Mandante do jogo, o rubronegro baiano começou ditando o ritmo, sob o calor de 30º C de Salvador. O primeiro lance de gol foi em cobrança de falta de Diego Renan, aos 7 minutos. A bola forte foi encontrar o goleiro Danilo, que espalmou para a linha de fundo.
A marcação das duas equipes passou a funcionar bem e a partida perdeu ofensividade. Foi somente aos 38 minutos que Dagoberto se livrou da marcação pela esquerda e chutou por cima do gol dos catarinenses. A melhor chance da Chapecoense foi aos 43, quando Bruno Rangel deixou Silvinho na cara do gol, mas o atacante mandou pra fora.
A segunda etapa começou com o Vitória melhor e, logo aos 12 minutos, Dagoberto perdeu chance clara de marcar após jogada entre Diego Renan e Kieza.
As substituições deram mais ritmo ao jogo. Arthur Maia tinha acabado de entrar no lugar de Cleber Santana e deu o passe para o gol de Sérgio Manoel, aos 26 minutos.
Melhores no jogo, os baianos empataram um minuto depois, com Marinho em jogada individual. Mas a Chapecoense tinha sua melhor carta na manga: o escanteio. Thiego subiu para testar firme e desempatar a partida aos 30 minutos. O Vitória ainda teve uma última chance aos 46 minutos, em cobrança de falta de Marinho que Ramon cabeceou para um milagre de Danilo.
Embalada, a Chapecoense recebe o Atlético-PR na Arena Condá na próxima quarta-feira, às 19h30min. O Vitória joga no dia seguinte contra o Grêmio, em Porto Alegre, a partir das 19h15min.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia