Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 18 de junho de 2016. Atualizado às 19h05.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

eurocopa

18/06/2016 - 19h05min. Alterada em 18/06 às 19h05min

Em dia de recorde, Cristiano Ronaldo perde pênalti e Portugal empata com Áustria

Cristiano desperdiçou uma cobrança de pênalti e deixou o campo frustrado

Cristiano desperdiçou uma cobrança de pênalti e deixou o campo frustrado


FRANCISCO LEONG/AFP/JC
Cristiano Ronaldo tentou de todas as maneiras, desperdiçou uma cobrança de pênalti, marcou quando estava impedido e deixou o campo frustrado na partida em que se tornou o jogador que mais vezes vestiu a camisa de Portugal. Ao entrar em campo neste sábado, no empate sem gols contra a Áustria, ele completou 128 jogos pela seleção de seu país, ultrapassando o ex-meia Luis Figo, que estava no estádio Parque dos Príncipes, em Paris, para acompanhar o duelo válido pela segunda rodada do Grupo F da Eurocopa.
O resultado deixou a seleção portuguesa na terceira colocação da chave, com os mesmos dois pontos da Islândia, a segunda colocada. A Hungria lidera com quatro, enquanto que os austríacos estão na lanterna com apenas um. O time lusitano ainda briga pela classificação às oitavas de final. Na última rodada da primeira fase, enfrentará a Hungria nesta quarta-feira, mesma data do outro duelo do grupo entre Islândia e Áustria.
No confronto deste sábado, Portugal dominou a partida, mas faltou tranquilidade para tirar o zero do placar. Principal referência da equipe, Cristiano Ronaldo parecia onipresente no setor ofensivo, mas não conseguiu transpor o goleiro adversário. Aos 21 minutos, ele apareceu na área e desviou cruzamento para fora.
A Áustria não se arriscava na frente e quase viu Nani abrir o marcador aos 29 minutos. Após cruzamento da esquerda, ele acertou a trave. No rebote, Quaresma também mandou para fora. A pressão continuava e Cristiano Ronaldo parou pela primeira vez nas mãos de Almer.
O adversário aproveitou um descuido da zaga portuguesa e teve a chance de tirar o zero do placar aos 41 minutos. Alaba cobrou falta da ponta direita para o gol e surpreendeu o goleiro Rui Patrício. Vieirinha tirou o perigo em cima da linha.
O segundo tempo seguiu a mesma história do primeiro. Portugal dominando a partida, mas com dificuldades para concluir a gol. Cristiano Ronaldo perdeu mais uma chance em chute rasteiro. Na sequência, cabeceou para defesa de Almer. Pouco depois, o astro português cobrou falta pela direita, mas a bola passou por cima.
Aos 32 minutos, ele teve a melhor oportunidade. Após cruzamento da esquerda, Cristiano Ronaldo se apresentava para tentar desviar, quando foi abraçado por Hinteregger e caiu na área: pênalti. Cristiano Ronaldo pediu a bola, colocou na marca do pênalti, ajeitou o cabelo, olhou para o telão e acertou a trave direita do goleiro.
O time português se desesperou ainda mais após desperdiçar a chance mais clara de gol. Foi para o ataque na base do desespero e chegou a balançar as redes aos 40 minutos. Cristiano Ronaldo, no entanto, desviou de cabeça em completo impedimento.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia