Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 13 de junho de 2016. Atualizado às 12h28.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

seleção brasileira

13/06/2016 - 12h28min. Alterada em 13/06 às 12h28min

Dunga reclama de comunicação do árbitro no gol de mão do Peru

Dunga criticou a arbitragem em entrevista coletiva após a derrota brasileira

Dunga criticou a arbitragem em entrevista coletiva após a derrota brasileira


HECTOR RETAMAL/AFP/JC
Após o vexame histórico de ser eliminado na primeira fase da Copa América com a derrota para o Peru por 1 a 0 neste domingo (12), o técnico Dunga reclamou da arbitragem do uruguaio Andrés Cunha, que validou o gol de mão de Ruidíazor. Com o resultado, o Peru foi o primeiro do grupo e o Equador, o segundo. A única vez que o Brasil havia sido eliminado na fase inicial do torneio foi em 1987.
"Todo um trabalho pode ser colocado fora por uma situação imponderável. Os jogadores e eu não podemos modificar o que todo mundo viu", afirmou o treinador, que criticou a maneira como a decisão foi tomada pela arbitragem. O árbitro consultou o auxiliar, mas também estava com um ponto de comunicação no ouvido, esforçando para ouvir outra pessoa, que não foi identificada pelas imagens.
"Não deu para entender porque o bandeirinha não correu e porque levaram quatro minutos conversando. Depois passou no telão, foi mão clara, não tem como lutar contra isso. Eles estavam falando com quem? Não precisavam da comunicação por rádio, estavam os quatro juntos. Quem estava sendo consultado? De que forma? Isso é bastante estranho", afirmou Dunga em entrevista coletiva após a derrota que eliminou o Brasil da Copa América Centenário.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia